Pátio do Colégio

Momentos importantes da nossa história são contados através de 17 locais de São Paulo escolhidos pelo amigo e historiador Luis Fróes. Além de curiosidades, e atividades culturais. Embarque com a gente nessa história e compartilhe conosco desses 17 motivos para amar e ter orgulho dessa cidade.

O Pátio do Colégio é o verdadeiro marco zero da cidade de São Paulo, fundado pelos padres jesuítas Manuel da Nóbrega e José de Anchieta.

Ele se encontra na confluência das ruas Boa Vista, Anchieta, Roberto Simonsen, Dr. Bittencourt Rodrigues e General Carneiro.

Hoje se encontra um conjunto arquitetônico, composto pelo Museu Padre Anchieta, Auditório Manoel da Nóbrega, Galeria Tenerife, Praça Ilhas Canárias (Café do Pátio), Capela Beato José de Anchieta (abriga o fêmur de José de Anchieta), a Cripta Tibiriçá e a Biblioteca. Isto foi refeito seguindo o mais próximo possivel os antigos conjuntos do passado, feitos de taipa de pilão e pedra.

No período de 1765 e 1912 foi a sede do Governo da Província e depois do estado, a onde foram feitas várias alterações e se aumentou o conjunto, sendo transformado em um palácio. Este foi demolido em 1953, e no seu lugar se ergueu o atual Pátio do Colégio, inaugurado em 1979.

Na sua frente, se encontra o Monumento “Glória Imortal aos Fundadores de São Paulo”, situado no centro do Pátio do Colégio.

Atividades culturais

Concertos

A casa mantém uma programação de concertos com orquestras e corais.

Vem pro Pateo no Domingo

Todo terceiro domingo do mês às 11h são oferecidas atividades culturais gratuitas. O público adulto pode apreciar concertos e apresentações de grupos folclóricos, já as crianças participam de uma série de oficinas de arte e história, teatro de fantoche, caça ao tesouro etc.

Museu

O museu possui um acervo de arte sacra e diferentes suportes da memória, como iconografia inédita, textos explicativos, mapas e maquete sobre a história do Pátio do Colégio e a cidade de São Paulo.

Biblioteca Padre Antônio Vieira

A biblioteca é especializada em História do Brasil e da Companhia de Jesus. Possui seis mil títulos catalogados e mais sete mil em catalogação.

Comentários

comentarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

fourteen − = 10