Nós contra eles, a velha tática da velha política sem conteúdo.

Nós contra eles, a velha tática da velha política sem conteúdo.

Lamentavelmente as pessoas não se atém aos fatos, preferem a rixa, briguinhas furtivas, taxar o outro como sendo o que ele acha que seja o “inimigo”.

Mas já faz tempo que a capacidade de raciocínio de muitos vem deteriorando, a maledicência é imperativo e não é ré primária a ingenuidade.

Temos internet, o google e outros buscadores para ter melhor entendimento, ambos os “lados” preferem criticar a mídia dizendo que é péssima, mas ninguém tem capacidade de criar algo alternativo e imparcial.

Se você fala a respeito do que pensa sobre um fato e coloca em primeiro plano o princípio moral e ético, você cria inimizades só por dizer o que pensa, claro, ganha ofensas de pessoas desrespeitosas que se ofendem quando dissermos que esta pessoa sim está faltando com respeito.

Em pleno 2019, poucos entendem o que seja de fato política, acham ainda que democracia é votar em pessoas, idolatram políticos e não os cobram, tem preguiça de ler, interpretação de textos é sofrível, a irracionalidade é constante.

Já por diversas vezes tentaram e tentam me enquadrar no mundo fechado e restrito de suas mentes, colocando como se ainda existisse esquerda e direita, ainda mais em nosso país, quando isto não existe a anos.

São os fenômenos da natureza humana, que se deteriora frente ao ego exacerbado de quem não tem capacidade nem empatia com seu próximo, onde ética e moral são crimes.

Não adianta querer os benefícios de outros países se não abrir mão de suas regalias, enquanto for subordinado a políticos e ao estado baixando a cabeça para tudo e idolatrando ao invés de os tratar como seu funcionário e lógico, saber qual é sua função, continuaremos do jeito que estamos para pior.

Deixe uma resposta